Descubra o que é Terapia Cognitivo-Comportamental


O que é Terapia Cognitivo Comportamental?

A Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) é uma psicoterapia breve, na qual o psicólogo trabalha em conjunto com o paciente, aplicando e ensinando uma série de técnicas e estratégias que visam auxiliar no manejo dos sintomas, ao mesmo tempo em que adquire autoconhecimento.

Para quem a Terapia Cognitivo-Comportamental é indicada?

A psicoterapia é para todas as idades e pode ser indicada para diversas situações. Em geral, as pessoas buscam a terapia pelos seguintes motivos:

  • Quando se sente triste por algum período.
  • Quando há problemas que não consegue resolver sozinho.
  • Quando tem problemas no trabalho ou em casa, seja por falta de concentração ou problemas com relacionamento.
  • Quando está sempre tenso e ansioso pelo que há de vir.
  • Quando pratica atitudes prejudiciais a si próprio e a outras pessoas.

Quais os benefícios da Terapia Cognitivo-Comportamental?

A Terapia Cognitivo-Comportamental é indicada para diversas situações e pode trazer enormes benefícios:

  • Aumento da autoestima
  • Segurança nas decisões
  • Desenvolvimento pessoal
  • Autoconhecimento
  • Controle da ansiedade
  • Melhoria nos relacionamentos
  • Motivação
  • Tolerância à frustração
  • Desenvolvimento de novas habilidades
  • Qualidade do sono

Por que fazer Terapia Cognitivo-Comportamental?

A Terapia Cognitivo Comportamental é recomendada por muitos profissionais para o tratamento de vários transtornos e problemas psicológicos por se tratar de uma abordagem mais objetiva e estatisticamente com maiores resultados efetivos e eficazes.

O objetivo da TCC é garantir ao paciente a capacidade de enfrentar futuras vivências sem o auxílio profissional. Assim, os pacientes melhoram porque começam a entender seu funcionamento, a aprender a resolver problemas e a desenvolver um repertório de estratégias que eles mesmos podem aplicar.

Através da psicoterapia, é possível ajudar pessoas de todas as idades a ter uma vida mais feliz, saudável e mais produtiva.

Referências:

CABALLO, V. E. Manual de Técnicas de Terapia e Modificação do Comportamento. São Paulo: Editora Santos, 2002.

CARVALHO M. R.; MALAGRIS, L. E. N.; RANGE, B. P. Psicoeducação em Terapia Cognitivo-Comportamental. Novo Hamburgo: Sinopsys, 2019.

WRIGHT, J. H.; BASCO, M. R.; THASE, M. E. Aprendendo a Terapia Cognitivo-Comportamental. Porto Alegre: Artmed, 2008.

Compartilhe este post
Podemos ajudar?